COMO FOI QUE O CINEMA ENTROU EM MINHA VIDA






No bairro onde eu morava tinha um cinema : Cine Santa Teresa. Foi onde conheci Maria Félix , Ninon Sevilla , Libertad Lamarque , Maria Antonieta Ponz , em filmes que tratavam de temas fortes. Detalhe: minha mãe me levava ao cinema desde os meus cinco anos.
Depois comecei a frequentar o Cine Art-Palace , especializado em filmes europeus. Foi uma festa ver Marina Vlady , Mylene Demongeot , Alida Valli , Antonella Lualdi , Rosana Schiaffino.
E então vieram os Épicos : Hércules , Maciste , Jasão , Teseu , Ursus , Rômulo e Remo . Porém Rosana Podesta e Jacques Sernas (Helena e Páris) em Helena de Tróia se tornaram simbolos da interminável magia que o Cinema é capaz de nos oferecer...



Daí este Blog.































domingo, 7 de dezembro de 2014

BLANCHE DUBOIS







             Frágil como uma tulipa de cristal, Blanche Dubois (Vivien Leigh) cai nas garras do cunhado  Stanley Kowalski (Marlon Brando) que a espera empunhando uma marreta.  Obrigada a morar de favor em casa da irmã Stella, Blanche não tem outra saída senão enlouquecer  Eis o argumento de Um Bonde Chamado Desejo (A Streetcar named Desire), da peça de Tennessee Williams, o dramaturgo americano que foi o queridinho dos cineastas durante uma década.   Curiosamente o filme levou aqui o título de Uma Rua Chamada Pecado.  Direção de Elia Kazan, que ficou na geladeira depois que o acusaram de delatar comunistas...  Vivien Leigh levou o Oscar de Melhor Atriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Petropolis, Rio de Janeiro, Brazil
Jorge Domingos , Analista de Comércio Exterior ,louco por Cinema desde os 04 anos de idade.